terça-feira, 11 de setembro de 2007

Uma borboleta em Havana


As borboletas costumam ser animais invertebrados que passam por um processo de metamorfose antes de atingirem o estado alado e vivem apenas um dia depois disso.
Eu disse costumam? Pois é, eu tenho razão!
Neste caso porém, essa regra não se confirma! Esta borboleta é vertebrado, faz-nos a nós passar pela metamorfose depois de a conhecermos e viverá bem mais do que um dia.
Havana é o primeiro poiso que ela e o seu zangão resolveram escolher para dar inicio à viagem
das nossas vidas.
Eu vou suspirando e ansiando pelas noticias... e desta vez arrepiei-me... porquê?
Porque enquanto eu clicava no site as fotografias iam aparecendo... quase como se a borboleta e eu tivéssemos uma ligação qualquer e ela tivesse resolvido, do outro lado do mundo, enviar-me um presente - primeiro para ti amiga, primeiro para ti!
Adivinhas-me as saudades não é?
Fazes-me falta amiga, fazes-me falta...

2 comentários:

alf disse...

Indomável, não sei por onde andaste, mas vens cheia de ganas! Foste beber a alguma fonte da juventude? eu estou interessado...

É bom ter-te de volta!

indomável disse...

Sabes... tu também me fazes falta... e a Nessa... e o Manuel - esse adamastor das letras... e o Bruno "Abrunhosa"... e o Luis... e A GUIDINHAAAAAA!!!!!!!!!!!
Ai meus amores... o Allgarve já se esvaiu de people e agora ficámos com o algarve só para nós... mas depois de sairem todos os refugiados do barco, apesar de o ar ficar mais respirável, dá a impressão de que ficou só uma carcaça de barco...
I miss u all!